Escolha uma Página
Paraná mantém quarta posição na geração de empregos formais, mas com sinal de alerta.

02/09/2019

No dia 26 de agosto de 2019 o Ministério da Economia divulgou dados referentes à geração de vagas formais de emprego. O Paraná segue com saldo positivo na geração de vagas formais, com um acumulado no primeiro semestre de 40.537 vagas contra 34.601 vagas formais geradas no mesmo período no ano anterior, resultando em crescimento de 5.936 vagas formais.

Saldo Acumulado de emprego no Paraná (Jan-Jul/2019 – Jan-Jul/2018)

Acumulado Jan-Jul                                                  Abertura por Mês

Fonte: Caged (Evolução do Saldo de Empregos Formais com ajustes)

Esse resultado mantém o Paraná na 4ª posição no ranking nacional de geração de empregos formais em 2019, atrás apenas de São Paulo, com um saldo de 171 mil, Minas Gerais com 99 mil, e Santa Catarina com 53 mil vagas.

O saldo positivo superior de 2019 em relação a 2018, mostra a resiliência da econômica paranaense ante ao ambiente instável econômico, contudo nota-se uma tendência de redução na geração de empregos formais, principalmente nos últimos três meses (maio a julho). Ao contrário de 2018, quando neste período presenciamos os reflexos da greve dos caminhoneiros, em 2019 vivemos a incerteza e a morosidade das aprovações das reformas e da retomada da confiança na economia.

Mercado de trabalho do Paraná: análise do saldo por setor

Ao analisar os setores de atividades econômicas no estado o saldo positivo na geração de vagas formais concentra-se principalmente em serviços, que apresentou no período um saldo de 27.349 vagas contra 23.573 vagas no mesmo período em 2018. Impulsionados principalmente pela área de comércio e administração de imóveis e valores mobiliários, o setor de serviços apresentou um saldo de 12.343 vagas. As áreas de hotelaria, alimentação e manutenção, por sua vez, finalizaram o período com um saldo de 4.177 vagas. Além dessas, a área de ensino, de janeiro a julho, apresentou um saldo de 4.506 vagas.

Saldo Vagas Paraná por Setor de Atividade Econômica Jan-Jul/2019 – Jan-Jul /2018.

Fonte: Caged (Evolução do Saldo de Empregos Formais com ajustes).

Outro setor que em 2019 apresenta saldo positivo é a construção civil, que terminou com um saldo de 8.042 vagas contra 3.645 no mesmo período em 2018, representando um crescimento 4.397 vagas. De maneira direta, os saldos positivos na construção civil têm impacto no setor de serviços relacionados à venda e administração de imóveis.

Quanto ao setor da Indústria, terminou o período com um saldo menor que em 2018, mesmo apresentando o saldo positivo de 3.913 vagas, a redução se deve principalmente à indústria de madeira que terminou com (1.862) vagas. Contrapondo, o setor da indústria química apresentou um saldo de 1.185 vagas juntamente com a indústria metalúrgica, com 943 vagas.

Pode-se observar a recuperação lenta do setor do comércio, que de janeiro a julho terminou com saldo acumulado de (149) vagas. Quando comparado ao mesmo período em 2018, verifica-se um aumento de 1516 vagas nesse setor.  Contudo, o comércio varejista acumula um saldo negativo de (2.877) vagas, reflexo de sazonalidades, enquanto o setor atacadista terminou o período com um saldo acumulado de 2.728 em função expansão das redes de atacados.

Jefferson Marcondes Ferreira é Economista, Especialista em Controladoria pela Universidade Positivo e atua como profissional de finanças há 14 anos. Atualmente, trabalha numa empresa de meio ambiente ligada a reaproveitamento de materiais para matriz energética.

Artigos relacionados

Atualize-se sobre as tendências empresarias e econômicas do Brasil e do mundo.

Assine nossa Newsletter

Atualize-se sobre as tendências empresariais e econômicas do Brasil e do mundo. Tenha a análise de dados e opinião de especialistas da área.

 

Siga o ISAE nas redes

Acompanhe as novidades do ISAE Escola de Negócios.